IBRACON - Instituto dos auditores independentes do Brasil

IBRACON - Instituto dos auditores independentes do Brasil IBRACON - Instituto dos auditores independentes do Brasil

Início Loja Virtual TV Ibracon Fale Conosco

Notícias > Notícias do Mercado

Sexta-feira, 22 de Julho de 2022

Bitcoin perde tração com realização de lucros, alta de juros pelo BCE e Tesla

Maior criptomoeda em valor de mercado está na melhor semana desde março, mas movimento ainda é de incerteza

Tamanho do Texto: a A


O mercado de criptomoedas opera em queda, após registrar ganhos consistentes desde o final da semana passada, com o bitcoin chegando a ultrapassar os US$ 24 mil. Com a elevação das taxas de juros pelo Banco Central Europeu (BCE) pela primeira vez em 11 anos e a divulgação da venda pela Tesla, de Elon Musk, de 75% de seus bitcoins em caixa, investidores aproveitam para embolsar os lucros apurados nos últimos dias.
 
Às 17h20 (horário de Brasília), o bitcoin (BTC) era negociado a US$ 23.106, estabilidade nas últimas 24 horas. A mínima do período foi de US$ 22.355 e a máxima de US$ 23.778. O ethereum (ETH), segundo cripto mais negociada, valia US$ 1.583, alta de 4,92%, segundo dados do CoinDesk.
 
No mercados tradicionais, as principais bolsas do Ocidente abriram os negócios em queda, mas reverteram o movimento. Na Europa, o índice pan-europeu Stoxx 600 avançou 0,44%, a 424,39 pontos. Pela manhã, o BCE anunciou o aumento da taxa de juros da região em mais uma medida para conter a alta da inflação. Ação não era adotada desde 2011.
 
Em Nova York, Dow Jones fechou em alta de 0,51%, a 32.036 pontos, o S&P 500 avançou 1%, a 3.998 pontos e o Nasdaq, das empresas de tecnologia, ganhou 1,36%, a 12.059 pontos.
 
Ontem, após o encerramento do pregão, a Tesla divulgou seu balanço referente ao segundo trimestre, informando que vendeu US$ 936 milhões em bitcoin, ou 75% de suas reservas. No documento, Musk justifica a decisão devido às incertezas com relação ao desempenho da economia chinesa com o aumento dos lockdowns em sua política de “covid-19 zero”. O documento aponta ainda que a empresa não reduziu suas reservas em dogecoin.
 
Felipe Medeiros, analista de criptomoedas e sócio da Quantzed Criptos, avalia que a venda dos bitcoins da Tesla “não deve impactar o mercado em nenhum horizonte de tempo, seja curto ou médio prazo”. “No longo prazo, a redução da influência e envolvimento de Elon Musk é positiva para o mercado, visto que ele acumula polêmicas e endosso criptomoedas fraudulentas como dogecoin”, afirma.
 
Ayron Ferreira, analista-chefe da Titanium Asset Management, pondera que, apesar da queda registrada hoje, “esta está sendo a melhor semana do ano para o ativo, desde março”. “As chances maiores são de uma consolidação no médio prazo, até que o cenário macro dê mais sinais de como irá ficar.”
 
Fonte: Valor Investe - 21/07/2022

Próximos cursos

  • Diretoria Nacional
    Rua Maestro Cardim, 1170, 9º andar | Bela vista | CEP 01323-001 | São Paulo - SP |  Tel: 11.3372.1223



  • Todos os direitos reservados à Ibracon.

  • Site melhor visualizado em 1024x768

Fechar [X]

Indicar a um amigo!

Fechar [X]

Enviar a um amigo!