IBRACON - Instituto dos auditores independentes do Brasil

IBRACON - Instituto dos auditores independentes do Brasil IBRACON - Instituto dos auditores independentes do Brasil

Notícias > Ibracon na Mídia

Quinta-feira, 01 de Abril de 2021

Palestra do Banco Mundial marca lançamento do curso de Auditoria Financeira no Setor Público promovido pelo Ibracon, CFC e IRB

Por Redação

Tamanho do Texto: a A

“Auditoria Financeira: A Visão do Banco Mundial” foi o tema da palestra que marcou o lançamento do curso “Auditoria no Setor Público”, uma iniciativa do Ibracon – Instituto dos Auditores Independentes do Brasil, do Conselho Federal de Contabilidade (CFC) e do Instituto Rui Barbosa (IRB), realizado em 25/3, ao vivo, com transmissão via Youtube.

 

A palestra foi conduzida por Leonardo Silveira do Nascimento, especialista sênior em Gestão Financeira do Banco Mundial e membro do Grupo Assessor das Normas Brasileiras de Contabilidade Aplicadas ao Setor Público (GA/NBC T SP) junto ao CFC.

A abertura do evento contou com a participação de Valdir Coscodai, presidente do Ibracon; Aécio Prado Dantas Júnior, vice-presidente de Desenvolvimento Profissional do CFC; e Inaldo da Paixão, vice-presidente de Ensino, Pesquisa e Extensão do Instituto Rui Barbosa (IRB), que também foi o moderador da palestra.

Referindo-se ao curso em seu discurso inicial, Coscodai ressaltou que “a iniciativa objetiva contribuir para a necessária e positiva modernização das atividades de auditoria no setor público e, acima de tudo, reconhece a importância da atuação dos órgãos de controle que precisam continuamente estar melhorando sua capacitação”. E concluiu destacando: “É um grande passo e espero que nos brinde com um imenso ganho para o País e a sociedade!”.

O evento também contou com a participação de representantes das entidades apoiadoras: Associação Nacional dos Auditores de Controle Externo dos Tribunais de Contas do Brasil (ANTC); Secretaria do Tesouro Nacional (STN); Associação Nacional de Programas de Pós-graduação em Ciências Contábeis (AMPCON); Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon); Conselho Nacional de Presidentes dos Tribunais de Contas (CNPTC); e Associação Nacional dos Ministros e Conselheiros Substitutos dos Tribunais de Contas (Audicon).

Palestra: A visão do Banco Mundial sobre Auditoria Financeira

Logo no início de sua apresentação, Nascimento destacou a importância da atuação do Banco Mundial no enfrentamento de questões que extrapolam fronteiras – dentre elas a fome, a pobreza extrema e as mudanças climáticas e na ênfase aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS): fim da pobreza extrema e promoção da prosperidade compartilhada, por meio do crescimento econômico, inclusão e sustentabilidade, que também baseiam o relacionamento do Banco Mundial com os governos.

Sequencialmente, Nascimento tratou dos principais tipos de projetos do Banco, mais notadamente, da frente de investimento para o financiamento de projetos, que passa também pelo alinhamento aos propósitos dos ODS e avaliação de risco.

Abordando mais especificamente a auditoria, o palestrante citou o acompanhamento fiduciário feito pelo Banco Mundial, que contempla providências para garantir que os recursos de qualquer financiamento são utilizados apenas para os fins para os quais o financiamento foi concedido, com a devida atenção às considerações de economia e eficiência.

Entre as medidas destacadas, estão: informações orçamentárias e contábeis-financeiras (IPSAS etc); Licitações e aquisições (procurement); Sistemas adequados, governança e riscos; e Controles internos e auditoria.

Sobre esse último pilar – Controles internos e auditoria, Nascimento, destaca sua relevância para fornecer avaliações imparciais e objetivas de programas, políticas, operações e resultados do setor público e detectar se os recursos públicos são administrados de forma responsável e eficaz para atingir os resultados pretendidos e para inspirar confiança entre os cidadãos e as partes interessadas.

Para assistir a palestra magna na íntegra, clique aqui.

Curso “Auditoria no Setor Público (NBASP e NBC TASP)”

Voltado aos auditores indicados pelos Tribunais de Contas, o curso visa contribuir para o desenvolvimento profissional dos auditores de controle externo quanto às Normas de Auditoria Aplicadas ao Setor Público (NBASP / NBC TASP).

A programação contempla cinco módulos, sempre apresentados de maneira remota, com início em abril e conclusão em setembro.

Estão inscritos apenas os auditores indicados pelos Tribunais de Contas. Os auditores matriculados receberão informações adicionais pelo e-mail cadastrado.

Fonte: Blog do Prof. Jorge de Carvalho - 31/03/2021


 

Próximos cursos

Fechar [X]

Indicar a um amigo!

Fechar [X]

Enviar a um amigo!