IBRACON - Instituto dos auditores independentes do Brasil

IBRACON - Instituto dos auditores independentes do Brasil IBRACON - Instituto dos auditores independentes do Brasil

Notícias > Ibracon na Mídia

Terça-feira, 01 de Dezembro de 2020

Ao completar 25 anos, IBGC anuncia Agenda Positiva de Governança para empresas brasileiras

A iniciativa já conta com cerca de 30 apoiadores

Tamanho do Texto: a A

O Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC) lançou, na última sexta-feira (27), a Agenda Positiva de Governança. Direcionado para líderes de organizações, o movimento conta com cerca de 30 apoiadores. O objetivo é contribuir com a construção de um ambiente de negócios e de um país melhor. O anúncio foi feito no encerramento do 21º Congresso Anual do IBGC, que marcou o aniversário de 25 anos do instituto.

A Agenda Positiva de Governança encaminha uma mensagem direta e pragmática aos líderes das organizações que atuam no Brasil, convidando-os a agir diante de questões imperativas que vêm surgindo no mundo atual. “Todas as profundas mudanças que vivenciamos em 2020 – por motivações econômicas, sociais, políticas e sanitárias – não somente reforçaram a necessidade da adoção de princípios e melhores práticas de governança corporativa, mas também nos levaram a lançar um movimento no mercado para que os líderes das organizações exerçam um papel protagonista na resposta às aspirações humanas que vão além dos resultados econômicos e financeiros”, disse Henrique Luz, presidente do conselho de administração do IBGC.

A Agenda Positiva traz 15 medidas apoiadas em seis pilares aplicáveis a líderes de todos os tipos de organização, independentemente do porte e do setor de atuação. O primeiro pilar trata de Ética e Integridade, tema que é um imperativo moral e um fator decisivo para a continuidade dos negócios. Cabe ao líder promover um ambiente organizacional baseado na confiança, no respeito, na empatia e na solidariedade. Já o pilar Diversidade e Inclusão convoca os líderes a agirem com urgência para assegurar tratamento justo e oportunidades iguais para todos, sobretudo na promoção de equidade de gênero e raça. Os demais pilares são Ambiental e Social; Inovação e Transformação; Transparência e Prestação de Contas; e Conselhos do Futuro.

Até 26 de novembro, as seguintes organizações já haviam manifestado apoio à Agenda Positiva de Governança: Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (Abrapp); Associação Brasileira das Companhias Abertas (Abrasca); Associação Brasileira de Startups (Abstartups); Associação de Investidores no Mercado de Capitais (AMEC); Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (ANBIMA); Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec); Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais (Apimec Nacional); B3; Carbon Disclosure Project (CDP); Comissão Brasileira de Acompanhamento do Relato Integrado (CBARI); Cubo; Family Business Network – Brazil (FBN Brazil); Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+; Fórum Gerações e Futuro do Trabalho; Grupo de Institutos Fundações e Empresas (GIFE); Global Reporting Initiative (GRI); Instituto Brasileiro de Direito e Ética Empresarial (IBDEE); International Finance Corporation (IFC); Instituto Brasileiro Relações com Investidores (IBRI); Instituto Capitalismo Consciente Brasil; Instituto dos Auditores Independentes do Brasil (Ibracon); Instituto dos Auditores Internos do Brasil (IIA Brasil); Instituto Ethos; Mais Diversidade; Movimento Mulher 360; Rede Brasil do Pacto Global; Rede Empresarial de Inclusão Social (REIS); Sistema B; Universidade Zumbi dos Palmares; e Women Corporate Directors (WCD).

Sobre o IBGC

Fundado em 27 de novembro de 1995, o Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC), organização da sociedade civil, é referência nacional e uma das principais no mundo em governança corporativa. Seu objetivo é gerar e disseminar conhecimento a respeito das melhores práticas em governança corporativa e influenciar os mais diversos agentes em sua adoção, contribuindo para o desempenho sustentável das organizações e, consequentemente, para uma sociedade melhor. Para mais informações, consulte www.ibgc.org.br.


Fonte: Economia S/A - 30/11/2020

Próximos cursos

Fechar [X]

Indicar a um amigo!

Fechar [X]

Enviar a um amigo!