IBRACON - Instituto dos auditores independentes do Brasil

IBRACON - Instituto dos auditores independentes do Brasil IBRACON - Instituto dos auditores independentes do Brasil

Início Loja Virtual TV Ibracon Fale Conosco

Notícias > Notícias do Mercado

Sexta-feira, 14 de Junho de 2019

Pesquisa da CNI mostra que metade das grandes indústrias não investiu o planejado em 2018

Por Laís Lis

Tamanho do Texto: a A

Uma pesquisa divulgada nesta sexta-feira (14) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostra que 75% das grandes indústrias fizeram algum tipo de investimento em 2018, número inferior ao de empresas que planejavam fazer algum investimento no ano passado (81%).

Entre as empresas que fizeram investimentos no ano passado, pouco mais da metade (51%) não investiu o planejado. Segundo o estudo, dessas, 38% realizaram os investimentos apenas parcialmente; 9% adiaram os projetos para 2019; e 4% cancelaram ou adiaram para depois de 2019.

“A frustração dos planos de investimento em 2018 deve-se à decepção com a retomada da economia. Em particular, o crescimento da demanda ficou abaixo do que se esperava, especialmente por causa do elevado desemprego”, explicou o gerente-executivo de Política Econômica da CNI, Flávio Castelo Branco.

Castelo Branco lembrou ainda que a maior parte dos investimentos é financiada pelo capital próprio das empresas, que ainda estão em situação financeira debilitada.

De acordo com a pesquisa, 80% das grandes indústrias disseram planejar investimentos em 2019. O número é similar ao percentual das empresas que afirmaram que fariam investimentos em 2018, mas superior aos percentuais de 2016 e 2017, que foram de 64% e 67%.

Investimentos

A pesquisa da CNI mostra que, entre as empresas que investiram no ano passado, 56% colocaram recursos para a continuação de projetos anteriores e 44% aplicaram em novos projetos. O levantamento mostra ainda que 53% das grandes indústrias investiram na melhoria e modernização da produção.

Segundo a CNI, a participação dos bancos privados nos investimentos bateu recorde em 2018, subindo de 8% para 13%, e a participação dos bancos públicos de desenvolvimento caiu de 10% para 7%.

Além disso, 75% dos investimentos feitos em 2018 foram financiados pelo capital próprio das empresas.

Fonte: Site G1 - 14/06/2019

Próximos cursos

Fechar [X]

Indicar a um amigo!

Fechar [X]

Enviar a um amigo!