IBRACON - Instituto dos auditores independentes do Brasil

IBRACON - Instituto dos auditores independentes do Brasil IBRACON - Instituto dos auditores independentes do Brasil

Notícias > Notícias do Mercado

Quinta-feira, 06 de Junho de 2019

Mercado de fusões cresce 1% até maio

Por Redação

Tamanho do Texto: a A

Apesar do crescimento modesto de apenas 1%, o volume em fusões e aquisições no acumulado dos primeiros cinco meses do ano alcançou a marca de R$ 100 bilhões, segundo o relatório mensal da Transactional Track Record (TTR), em parceria com LexisNexis e TozziniFreire Advogados.

Em número de operações, queda de 7,5% na comparação com o mesmo período do ano passado, para 453. Destas, 193 tiveram seus valores revelados, aproximadamente 43% dos negócios realizados no país.

Em maio, o TTR registrou 78 anúncios de operações de compra e venda de participação envolvendo empresas brasileiras. Entre as operações do mês que tiveram seus valores divulgados, o volume financeiro totalizou 21,2 bilhões de reais.

O segmento de Tecnologia concentra o maior número de fusões e aquisições entre janeiro e maio, com 114 operações, alta de 15% face ao ano anterior. Na sequência, aparecem os setores Financeiro e Seguros, com 56 negócios anunciados, queda de 5%, e Imobiliário, em alta de 15% com 39 operações anunciadas.

Desde o início do ano, os investidores dos Estados Unidos responderam por 35 das 99 operações realizadas por empresas estrangeiras no país. O número é 35% inferior ao registrado no mesmo período do ano passado.

O capital norte-americano foi responsável por um total de R$ 3,9 bilhões em aportes realizados no Brasil nesse período. Porém, o Canadá foi o país que mais investiu no mercado nacional em 2019, somando mais de R$ 32,6 bilhões em recursos aplicados.

O setor de Tecnologia e Internet permanece como o mais atrativo para os investidores internacionais, com 29 aquisições de empresas brasileiras, apesar de queda de 9,4% no número de negócios.

Por sua vez, os investidores nacionais foram responsáveis por 23 aquisições no mercado externo até maio, com um total acumulado de R$ 11,8 bilhões de transacionados. Destas, 12 operações tiveram como alvo companhias dos EUA, num total de R$ 4 bilhões investidos.

A conclusão da aquisição do controle da concessionária de transporte ferroviário Supervia, que atua em serviços de trens suburbanos no Rio de Janeiro, pela Guarana Urban Mobility Incorporated, controlada pelos grupos japonês West Japan Railway Company, por cerca de R$ 850 milhões, foi escolhida pelo TTR como a transação de destaque do mês.

A Odebrecht Transport possuía cerca de 72,8% das ações da Supervia e passará a possuir apenas 11,33%, enquanto a Guarana Urban Mobility, que já era acionista da Supervia, passará a deter 88,67%.

Private Equity e Venture

As operações envolvendo fundos de private equity registradas no Brasil desde o início do ano sofreram uma queda de 11,7% no número de deals 30, enquanto o volume financeiro, R$ 10,4 bilhões, representou um crescimento de 123,5% sobre igual período do ano anterior.

Já os investimentos de venture capital fecharam em queda. As 75 rodadas de investimento apontadas entre janeiro e maio ficaram 19,3% abaixo do registrado no mesmo intervalo de 2018, enquanto o volume financeiro recuou 71% para R$ 944 milhões, em igual comparação.

Fonte: Jornal DCI - 06/06/2019

Próximos cursos

Fechar [X]

Indicar a um amigo!

Fechar [X]

Enviar a um amigo!